Silvana Lima bota o Brasil de volta na elite do surf

Foto: Sick Frames //

A noite da última segunda-feira no Brasil, marcou o retorno do Brasil à elite do surf feminino.

Com o título do WQS conquistado no fim de 2016, Silvana Lima está de volta pela porta da frente no Campeonato Mundial onde já foi duas vezes vice-campeã. A janela de disputa da etapa de abertura do CT de 2017 acontece entre os dias 14 e 25 de março na praia de Gold Coast, em Queensland.

A reestreia da atleta natural de Paracuru (CE) acontece na quarta bateria da primeira rodada contra duas pedreiras, a norte-americana Courtney Conlogue e a francesa Pauline Ado. “Nos últimos meses me foquei em tentar ver onde errei no passado e mudar. Muitas coisas eu consegui mudar e me preparei muito para esta temporada. As expectativas são as melhores”, comenta Silvana, que a partir deste ano terá como novidade a entrada de Iapa Neuronha como seu novo técnico.

“Estou mais do que preparada. Estou com um suporte muito bom e um técnico novo no Neuronha. Agora vamos encarar etapa por etapa, bateria por bateria, e ai vamos ver o que vai dar”, afirma a vice-campeã mundial de 2009 e 2010, que também deu seu pitaco sobre como será a briga pelo título em 2017.

“São quase as mesmas, como a Stephanie (Gilmore), a Tyler (Wright), a Carissa (Moore)… Eu acredito no meu potencial para estar lá e também não descarto a Sally (Fitzgibbons), que está sempre na briga, sem contar as outras que estão ganhando mais experiência. São quase dez surfistas capazes de brigar por este sonho que é o título mundial” , completa Silvana.

Mais informações sobre o Roxy Gold Coast Pro, resultados e transmissão ao vivo em português poderão ser encontrados no site oficial da World Surf League.