SKB 14 Troféu Gustavo Sondermann

Foto: Maurício Vilella  // 

Provas encerram a disputa de mais uma edição do evento, com cinco novos campeões e um bicampeão.

 

O SKB 14 Troféu Gustavo Sondermann fechou mais uma edição com chave de ouro e novos campeões no kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos. Mais de 100 kartistas participaram das provas, que aconteceram no traçado completo, que conta com 1.150m, e também abriram o Campeonato Paulista de Kart, com a realização da 1ª e da 2ª etapa.

Com campeões mundiais na disputa, dentre eles um dos maiores nomes da modalidade, o italiano Davide Foré, pentacampeão mundial de kart, o SKB 14 homenageou pela quarta vez o piloto Gustavo Sondermann, grande amigo dos organizadores e kartistas, que faleceu em um acidente na Copa Montana em 2011. Valeram pela competição as categorias Cadete, Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior e KZ.

Na Cadete, quatro vencedores diferentes e muito equilíbrio. No final, Leonardo Rufino, vencedor da quarta bateria, foi o campeão e chegou ao seu primeiro título no SKB. “Meu dia foi muito bom. A corrida foi muito disputada. Na última volta, o Rafael (Câmara) me passou, mas eu consegui recuperar e vencer. Não completei a primeira corrida de ontem, mas consegui bons resultados nas outras”, declarou o paulista, de 9 anos.

Na categoria Júnior Menor, Gianluca Petecof chegou ao bicampeonato no SKB. O piloto já havia vencido o SKB 7, que foi realizado em Aldeia da Serra. Petecof venceu a segunda bateria e a prova final deste domingo.

“Fiz uma classificação muito boa hoje de manhã, consegui duas voltas rápidas e larguei na pole nas duas provas. Estava na disputa pelo título com outros dois pilotos e, na última bateria, me concentrei bastante, porque estava muito sol e sabia que não poderia cometer nenhum erro. E consegui abrir uma boa distância e estou muito feliz. Já tinha ganhado o SKB uma vez, o SKB 7, em Aldeia da Serra, na Super Cadete, e agora consegui esse bicampeonato”, comemorou o paulista de 10 anos.

A categoria Júnior também teve quatro vencedores diferentes e o título ficou nas mãos de Paulo Victor, vencedor da terceira bateria. “Minha equipe conseguiu acertar bem o kart ontem e já senti a diferença na tomada de tempo de hoje. Larguei na frente e me preocupei em manter a posição e poupar o pneu para a segunda bateria, que era a mais importante do dia”, disse o mineiro, de 15 anos.

Na Graduados, o carioca Renato Silveira Jr., de 16 anos, conquistou seu primeiro título no SKB, depois de vencer a 2ª, a 3ª e a 4ª bateria. Como abandonou a primeira prova, após uma batida, a disputa foi acirrada com Vitor Baptista, que ficou com o vice.

“Um bom começo de ano. Trabalhamos bastante nos treinos e, em Interlagos, eu sempre me dei bem. Na quarta corrida, meu traçado estava muito bom, quase perfeito. Vim trabalhando cada curva pra chegar onde cheguei agora e estou muito contente com o meu primeiro título no SKB”, festejou o carioca.

Na Sênior, outro novo campeão. O paulista Renato Jader Davi, de 28 anos, voltou a disputar provas de kart e ficou muito emocionado com a conquista do Troféu Gustavo Sondermann, em homenagem a seu grande amigo.

“Foi um fim de semana muito bom. O que me deixa mais feliz é conquistar um troféu com o nome do Gustavo Sonderman, que foi um grande amigo e sempre teve um coração nota mil. Eu fui com muita garra pra poder levar o troféu pra casa, colocar na minha estante e sempre olhar e poder falar para as minhas filhas quem foi essa pessoa homenageada”, afirmou.

Na KZ, kart com marchas, o brasileiro Gaetano Di Mauro desbancou na última prova as feras internacionais e campeões mundiais Davide Foré (Ita) e Jordon-Lennox Lamb (Ing). Foré venceu as três primeiras baterias, mas ficou de fora da prova final. Com problemas na transmissão do seu kart, o piloto nem largou.

Gaetano, que venceu a quarta bateria e teve dois terceiros e um segundo lugar, ficou com o título. “Foi bem difícil. Ele (Foré) é muito rápido sempre e vem me dando muito trabalho, desde as 500 Milhas. Mas trabalhamos bastante e o meu kart estava muito bom de chão, contornava muito e o motor também estava muito bom. Tudo ajudou e conquistamos o título”, destacou o paulista, de 16 anos.

Um dos maiores kartistas da história do país e um dos principais adversários de Ayrton Senna na década de 70, Walter Travaglini representou Sérgio Sondermann, pai de Gustavo, que está em viagem e não pôde comparecer ao evento. Travaglini deu a bandeirada na categoria KZ e recebeu o troféu em homenagem a Gustavo.

“Uma homenagem fantástica feita ao Gustavo, que foi uma pessoa muito querida e um ótimo piloto. O SKB está de parabéns, a família dele é muito querida e ele deve sempre ser lembrado. O pai dele infelizmente não pode vir e eu tive o prazer e a honra de representa-lo”, disse Travaglini.

Criado em 2010, com o objetivo de oferecer uma grande competição, envolvendo os melhores pilotos, karts, pistas e equipamentos, o SKB é organizado por grandes campeões do kart e do automobilismo nacional: Danilo Dirani, Dennis Dirani, Paulo Carcasci, Ruben Carrapatoso, Renato Russo e Sérgio Jimenez. A partir deste ano, o evento passa a ser anual.

Para Jimenez, a presença de quase 150 pilotos e dos campeões mundiais, mostra a força do evento, que agora busca um patrocinador para continuar fazendo um kart ainda melhor.

“Foi um evento excelente, mais uma vez. Estamos muito felizes, porque o SKB realmente já está consolidado, em sua 14ª edição. Conseguimos trazer nesta prova dois campeões mundiais de kart e isso é muito importante para o evento e mostra o tamanho e a grandeza da competição”, ressaltou. “Tivemos a KZ cheia de karts, fazia tempo que não conseguíamos e, no Brasil, todo não tinha um grid tão cheio assim, então ficamos muito contentes. Quase todas as categorias com mais de 20 pilotos, tivemos quase 150 pilotos no evento. Então, estamos muito felizes. A gente lamenta não ter a sequência de cinco etapas durante o ano, mas é realmente muito complicado para nós agrupar as agendas de todos os integrantes para dar continuidade durante todo o ano. É muito trabalho para fazer uma corrida, não é fácil, e depende de muita coisa. A gente continua na luta, temos o sonho de fazer um evento com seis provas, mas precisamos de um patrocinador para fazer isso. Já fazemos um kart melhor, mas podemos fazer ainda mais e, tenho certeza que um patrocinador que nos apoiar vai estar muito bem representado aqui junto ao SKB”, finalizou Jimenez.

O SKB 14 contou com o apoio do Hotel Transamérica, Voxx Suplementos e Carnes Del Sur.

Resultado final do SKB 14 por categoria (5 primeiros):

Cadete
1 – Leonardo Rufino – 66 pontos
2 – Gabriel Bortoletto – 62
3 – Rafael Câmara – 45
4 – Pedro Braga – 38
5 – Enrico de Lucca – 37

Júnior Menor
1 – Gianluca Petecof – 74 pontos
2 – Caio Collet – 65
3 – Edgar Bueno Neto – 53
4 – Guilherme Peixoto – 50
5 – Gustavo Jorge – 33

Júnior
1 – Paulo Victor – 66 pontos
2 – Juan Crespi – 63
3 – Gabriel Partule – 57
4 – Sergio Crispim – 49
5 – Felipe Drugovich – 39

Graduados
1 – Renato Silveira Jr. – 75 pontos
2 – Vitor Baptista – 67
3 – Olin Galli – 49
4 – Giuliano Raucci – 37
5 – Pietro Rimbano – 29

Sênior
1 – Renato Jader Davi – 87 pontos
2 – Adriano Pizzonia – 62
3 – Renato Russo – 50
4 – Daniel Croce – 40
5 – Ruben Carrapatoso – 36

KZ
1 – Gaetano Di Mauro – 73 pontos
2 – Davide Foré – 60
3 – Jordon Lennox – 53
4 – Guilherme Salas – 53
5 – Dennis Dirani – 39

Os resultados das provas deste domingo:

3ª Bateria

Cadete
1) 88-Rafael Câmara, (8 voltas) 8:16.733
2) 111-Leonardo Rufino, a .009
3) 21-Breno Forte, a 1.661
4) 85-Gabriel Bortoletto, a 2.034
5) 321-Rafael Araújo, a 3.741

Júnior Menor

1) 99-Guilherme Peixoto, (10 voltas) 9:40.097
2) 23-Caio Collet, a 1.262
3) 123-Gustavo Jorge, a 1.457
4) 112-Edgar Bueno Neto, a 1.603
5) 301-Rafael Reis, a 2.691

Júnior

1) 77-Paulo Victor, (10 voltas) 8:44.798
2) 80-Gabriel Paturle, a .872
3) 11-Felipe Drugovich, a 3.926
4) 50-Yanni Fontana, a 4.781
5) 119-Pedro Goulart, a 5.003

Graduados

1) 19-Renato Silveira Jr., (11 voltas) 9:21.342
2) 120-Vitor Baptista, a 3.807
3) 95-Yurik Carvalho, a 4.100
4) 4-Olin Galli, a 4.239
5) 155-Zaya Fontana (B), a 4.564

Sênior

1) 125-Renato Jader Davi, (8 voltas) 7:10.935
2) 61-Daniel Croce, a .184
3) 62-Renato Russo (SS), a 1.355
4) 33-Adriano Pizzonia, a 1.565
5) 71-Romárcio Silva (SS), a 4.805

KZ

1) 5-Davide Foré, (11 voltas) 9:09.357
2) 32-Jordon Lennox, a .754
3) 111-Gaetano Di Mauro, a 2.232
4) 17-Guilherme Salas, a 5.899
5) 28-Danilo Dirani, a 6.708

4ª Bateria

Cadete
1) 111-Leonardo Rufino, (15 voltas) 15:33.335
2) 88-Rafael Câmara, a .409
3) 32-Enrico de Lucca, a 5.806
4) 85-Gabriel Bortoletto, a 8.521
5) 27-Manuel Jr., a 8.783

Júnior Menor

1) 110-Gianluca Petecof, (18 voltas) 16:21.077
2) 112-Edgar Bueno Neto, a 2.357
3) 23-Caio Collet, a 3.138
4) 38-José Muggiati Neto, a 3.662
5) 120-Felipe Baptista, a 6.066

Júnior

1) 21-Sergio Crispim, (18 voltas) 15:47.704
2) 7-Juan Crespi, a 2.598
3) 77-Paulo Victor, a 3.205
4) 80-Gabriel Paturle, a 6.617
5) 55-Luiz Branquinho, a 7.372

Graduados

1) 19-Renato Silveira Jr., (22 voltas) 18:54.193
2) 125-Giuliano Raucci (B), a 2.868
3) 120-Vitor Baptista, a 6.050
4) 4-Olin Galli, a 6.576
5) 95-Yurik Carvalho, a 9.791

Sênior
1) 125-Renato Jader Davi, (20 voltas) 17:59.234
2) 62-Renato Russo (SS), a 4.948
3) 114-Ruben Carrapatoso, a 5.473
4) 33-Adriano Pizzonia, a 5.938
5) 25-Tuka Rocha, a 7.365

KZ
1) 111-Gaetano Di Mauro, (22 voltas) 18:21.078
2) 32-Jordon Lennox, a .653
3) 17-Guilherme Salas, a 12.216
4) 28-Danilo Dirani, a 12.517
5) 46-Andreas Visnardi, a 13.606

Para saber mais sobre o SKB, acesse: www.superkartbrasil.com.br