10 de abril de 2015

Troféu para campeões é novidade na CIMTB Levorin

249709_489514_largada_lmamadores

Foto: Bruno Fernandes //

Categoria de base principal competição de mountain bike da América Latina terá premiação inédita aos vencedores anuais.

Categoria de base da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, a Copa LM Bike de Amadores traz aos amantes do esporte uma novidade. A partir desta temporada, os campeões das oito categorias, expert, cadete, veterano, máster, segurança pública, e as femininas júnior, sub-40 e over-40, recebem um troféu de vencedor após as três etapas. São João del-Rei (MG) sedia a próxima etapa da CIMTB Levorin, entre 15 e 17 de maio. A abertura em Araxá (MG), já realizada, e a decisão em Congonhas (MG), em novembro, completam o calendário de 2015.

A iniciativa de premiar os campeões da Copa LM Bike de Amadores partiu da própria LM Bike, patrocinadora da competição. “O troféu é a representação da conquista e da garra do atleta amador, que dá o seu máximo para chegar ao topo. Essa conquista é única e é por isso que decidimos premiar aqueles que suaram muito para chegar ao topo do pódio, pelo merecimento, pelo respeito ao atleta e ao esporte”, destaca Tássia Santos, supervisora de marketing da LM Bike.

Organizador da principal competição de MTB da América Latina, em sua 20ª edição, Rogerio Bernardes complementa. “Tradicionalmente é na Copa LM Bike de Amadores onde os novatos se arriscam a participar das primeiras provas. Por isso consideramos o evento de enorme importância no mountain bike e queremos sempre valorizar ao máximo os atletas. A iniciativa de premiar os campeões da temporada de cada categoria pela LM Bike, com certeza será apreciada pelos atletas. Qualquer ação que trabalhe a satisfação do atleta é importante para nós”, agradece Rogerio.

A ideia de valorizar os campeõs da categoria de base da CIMTB Levorin nasceu após o lançamento da equipe LM/Shimano, em março, no Tauá Grande Hotel Araxá. “Desde o lançamento da nossa própria equipe, a LM / Shimano MTB Team, composta por Isabella Lacerda, Marcelo Cândido e Guilherme Muller, recebemos milhares de currículos dos mais diversos lugares do Brasil, de atletas amadores com um sonho em comum, chegar ao topo”, relata Tássia.

“Infelizmente não é possível abraçar a todos os projetos por mais que gostaríamos, então decidimos trabalhar o outro lado da história”, explica a patrocinadora. “Por que não fazer com que o cenário nacional traga visibilidade a esses atletas? Por que não fazer com que nossas marcas deem esse apoio e incentivem o esporte? Foram essas as perguntas que nos levaram a abraçar a causa dessa grande maioria que integra as categorias de base, principalmente na CIMTB”, conclui.