26 de maio de 2017

World Surf League convida Yago Dora para Fiji

Oi Rio Pro

Foto: Poullenot //

O catarinense reforça a “seleção brasileira” no Outerknown Fiji Pro que terá o retorno do potiguar Italo Ferreira após três etapas afastado se recuperando de contusão no tornozelo.

A World Surf League anunciou o convite para o brasileiro Yago Dora participar de uma das melhores etapas do World Championship Tour, nos tubos perfeitos das Ilhas Fiji. O seu ótimo desempenho no Oi Rio Pro em Saquarema, motivou os comissários da WSL a oferecer o “wildcard” para o jovem catarinense de 21 anos de idade. Ele fez estragos nas ondas da Praia de Itaúna, barrando três campeões mundiais – John John Florence, Gabriel Medina e Mick Fanning – no seu caminho até a semifinal. Yago só parou no vencedor da etapa brasileira, Adriano de Souza, terminando em terceiro lugar em sua primeira participação em etapas do World Surf League Championship Tour. O prazo do Outerknown Fiji Pro começa em 4 de junho, vai até o dia 16 na ilha de Tavarua e será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com.

“Eu só tenho que agradecer a WSL pelo wildcard para competir em Fiji”, disse Yago Dora, que nesta semana está no Japão defendendo a terceira posição no ranking do WSL Qualifying Series no QS 6000 de Chiba. “Me qualificar para o CT é o meu sonho e ter outra chance de surfar contra meus ídolos em Fiji é inacreditável. Eu estive lá esse ano surfando em Cloudbreak e as ondas não estavam tão perfeitas, mas já deu pra ter uma ideia de como podem ficar com o swell certo. Estou muito feliz pelo convite e já ansioso para participar do evento”.

No Oi Rio Pro em Saquarema, Yago Dora já impressionou logo em sua estreia nas ondas de Itaúna, completando um aéreo incrível que quase lhe deu a vitória sobre o defensor do título da etapa brasileira e atual campeão mundial, John John Florence. Depois disso, ele se transformou no “matador de gigantes” do campeonato. Na repescagem, despachou o número 5 do ranking, Kolohe Andino. Depois, eliminou o havaiano John John Florence na terceira fase, derrotou Gabriel Medina na melhor bateria do evento e ainda barrou o tricampeão mundial Mick Fanning, só perdendo para o vencedor do Oi Rio Pro, Adriano de Souza.

No Outerknown Fiji Pro, John John Florence escapou de ter de enfrenta-lo novamente na primeira fase, pois Yago Dora foi escalado na bateria encabeçada pelo vice-campeão mundial, Jordy Smith, sul-africano que divide a vice-liderança no Jeep WSL Ranking com o brasileiro Adriano de Souza e o australiano Owen Wright. O norte-americano Kanoa Igarashi é o outro adversário da estreia do catarinense em Fiji.